quinta-feira, 26 de março de 2015

Parábola do servo vigilante. Lc. 12. 35-48.

  Mais uma vez o Senhor Jesus nos trás um alerta através de uma parábola, desta vez a respeito da
vigilância que nós temos de ter em relação a nossa alma, pois ela deve estar preparada ao modo de nosso Senhor para que não sejamos pegos de surpresa.

    "Sede vós semelhantes a homens que esperam pelo seu senhor, ao voltar ele das festas de casamento; para que, quando vier e bater à porta, logo lha abram." Lc. 12. 36.

    Os servos deveriam aguardar a volta de seu senhor apostos, em constante vigilância, posto que não sabiam que horas ele viria das festas de casamento então não poderiam adormecer.

    "Bem-aventurados aqueles servos a quem o senhor, quando vier, os encontre vigilantes... Quer ele venha na segunda vigília, quer na terceira, bem-aventurados serão eles, se assim os achar.." Lc. 12. 37, 38.

    Aqui a segunda vigilia compreende de 21hs até às 24hs, e a terceira de 24hs às 3hs. Ou seja não havia um horário determinado, mas sim a certeza de que seu senhor viria, e em nenhuma  hipótese eles poderiam ser pegos dormindo.

    Veja bem, Jesus usa deste exemplo prático para falar conosco dizendo que deveriamos agir de igual modo perante Ele. E quando recebemos este aviso sabemos qual é a vontade de nosso Senhor e como Ele espera nos encontrar, agora veja o verso a seguir.


    " Aquele servo, porém, que conheceu a vontade de seu senhor e não se aprontou, nem fez segundo a sua vontade será punido com muitos açoites. Aquele, porém, que não soube a vontade do seu senhor e fez coisas dignas de reprovação levará poucos açoites." Lc. 12. 47-48.

    Você já ouviu aquele adagio popular que diz: "Não podemos brincar com fogo".  Muito bem, saber da vontade de Deus e não a cumprir, e não se aprontar segundo a mesma é "brincar com fogo". Devemos levar a sério os alertas que Deus nos faz. No versículo 39 Jesus deixa algo bem claro: " Sabei, porém, isto: se o pai de família soubesse a que hora havia de vir o ladrão, [vigiaria e] não deixaria arrombar a sua casa."

    O ladrão não liga avisando e nem pedindo a sua permissão para arrombar sua casa e levar tudo que você tem, ele simplesmente aparece quando a pessoa menos espera, por isso a necessidade de constante vigilância. E mesmo com tantos alertas da palavra de Deus sobre isso tem muita gente que vai ser surpreendida, mas de maneira negativa. Você já viu aquela pessoa que alguém diz assim: "O fulano, não vai trancar melhor essa porta aí?" E ela responde: "Nããããããão, nãão preciiiisa!". Bem, ela foi avisada e mesmo com tanto aviso ela não está sendo vigilante. Assim tem muitas pessoas vivendo a vida, se arriscando quando não deveria.

    Tudo bem então, agora sei que tenho de ser vigilante, mas como fazer isso?

    Vou dar uma dica pra você!
    A parábola começa falando de homens que estavam esperando a vinda de seu senhor a noite e de madrugada e eles não poderiam adormecer. Acompanhe, nós também não podemos adormecer, mas agora espiritualmente falando, a noite e principalmente de madrugada se a pessoa ficar parada o sono chega e ela adormece, agora, se ela estiver envolvida com alguma coisa, em constante prática de algo ela espanta o sono. Assim é na nossa vida espiritual, o melhor jeito para nos mantermos vigilantes e não adormecer enquanto esperamos pelo nosso Senhor é estarmos envolvidos com a prática da sua palavra, de boas obras, vivendo na verdade! "Bem-aventurado aquele servo a quem seu senhor, quando vier, achar fazendo assim." Lc. 12. 43.

    "Ficai também vós apercebidos, porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá." Lc. 12. 40.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...